Vida e obras de Ricardo Reis

Vida e obras de Ricardo Reis

Sinopse

Nessa nova edição de Vida e obras de Ricardo Reis, além do título previsto por Pessoa e nunca usado, Teresa Rita Lopes, uma das maiores especialistas do autor português, tenta libertar os poemas de Reis de leituras adulteradas. Além disso, treze poemas inéditos aumentam o corpo inteiro da poesia ricardiana.Ricardo Reis é um dos famosos heterônimos de Pessoa, que encarregou?o, apesar de o fazer médico de sua profissão, de ser professor de latim "num importante colégio americano". Reis, pagão do seu crepúsculo, bebe e desfia os seus versos para esquecê?lo, e põe em poesia, feita música, a mágoa de sermos breves e tudo ignorarmos: "Há noite antes e após / O pouco que duramos"."Este Ricardo Reis vai até às suas mais longínquas origens: o gigante mitológico Livor, do poema dramático homónimo, escrito em 1911, de que Ricardo Reis fará ecoar algumas falas. Assistimos, neste livro, à evolução de Ricardo Reis, que sobrevive a Pessoa. E podemos constatar que, nos últimos tempos, finge o que este deveras sente." Teresa Rita Lopes

Autor

Fernando Pessoa morreu cedo, em 1935, aos 47 anos. Astrólogo, ele teria previsto a data de sua morte. E organizou o que pôde, em maços de textos e indicações, o Livro do Desassossego. Começou a escrevê-lo jovem, mas documentos demonstram que desde cedo já se tratava de um projeto. A organizadora desta novíssima edição de um clássico da Literatura mundial, Teresa Rita Lopes, implode um argumento comum sobre a obra, de que ela pode ser editada de forma aleatória: "Se Pessoa tivesse publicado o Livro do Desassossego tinha-o estruturado como o fez, o foi prevendo ao longo da vida". Como exemplo, ela ainda lembra que Mensagem, único livro de Pessoa publicado em vida, teve sua organização intensamente trabalhada pelo autor.