Textos econômicos

Textos econômicos

Sinopse

Ao longo deste livro, Che Guevara ressalta que os principais objetivos da Cuba pós-revolucionária estariam na implantação da reforma agrária, base da industrialização do país, na diversificação do comércio externo e na elevação do nível de vida do povo. Só adotando tais medidas seria possível atingir o grande objetivo estratégico da libertação da economia nacional. Como ministro da Indústria, falando à I Conferência para o Comércio e o Desenvolvimento, realizada em Genebra, em 1960, Che sustenta que a razão de ser do imperialismo está nas relações de troca desigual deste com suas colônias econômicas, situação que só tende a se agravar, uma vez que grupos de nações subdesenvolvidas travam lutas estéreis entre si "na disputa pelas migalhas do festim dos poderosos do mundo", rompendo sua unidade e desdenhando de sua força numericamente superior.

Autor

Ernesto Guevara de La Serna, ou Che Guevara, como se tornou conhecido, nasceu em Rosário, Argentina, em 14/6/1928. Formado em medicina, em 1954, no México, conheceu e se juntou aos irmãos Fidel e Raúl Castro, que organizavam um grupo guerrilheiro para derrubar o governo ditatorial de Cuba. Guevara tornou-se médico da tropa, que desembarcou na ilha no fim de 1956. Nos três anos seguintes transformou-se em combatente e líder militar. Com a vitória do movimento revolucionário, em 1959, tornou-se cidadão cubano e assumiu papel ativo no governo, como diretor do Banco Nacional e, mais tarde, ministro da Indústria. Foi assassinado pelo exército boliviano em 9/10/1967. Pela Global Editora, tem publicadas as obras: Diário, Textos Econômicos,Textos Políticos e Textos Revolucionários.