Sinopse

Em 1946, Minimus, pseudônimo do ex-presidente da Federação Espírita Brasileira, Antônio Wantuil de Freitas, sensibilizado com a dificuldade que muitos leitores sentiam diante de divergências entre as descrições dos quatro evangelistas, decidiu realizar o presente trabalho de compilação e condensação, registrando fielmente todos os ensinamentos do Novo Testamento e resumindo-os em estudos compreensíveis, além de apresentar diversas notas explicativas sob a abordagem espírita. Apesar da aparente impossibilidade de harmonização entre os quatros evangelhos, Minimus dedicou-se à tarefa, orientando-se tanto pelas traduções existentes quanto pelos originais gregos do Novo Testamento e pela Vulgata, versão latina da Bíblia.