SEMPRE HÁ UM LINDO SOL NO HORIZONTE A NOS ESPERAR

SEMPRE HÁ UM LINDO SOL NO HORIZONTE A NOS ESPERAR

Sinopse

Este trabalho, acima de tudo, marca em mim a sina de alegrias, dores, fracassos e de superação.Uma compilação de múltiplos sentimentos puros, abençoado (ou não) por Deus que culminaram na minha mais duradoura saga pessoal.Momentos inesquecivelmente bons foram vividos e que agora ficaram culminados no passado, mesclam-se às mais absurdas e injustas derrotas.Amigos perdi, outros (muitos) ganhei. O mesmo ocorreu em relação aos familiares e, principalmente, quanto às paixões tantas responsáveis por tantas glórias e tombos dolorosos.Desde 1º de janeiro de 1998, quando escrevi o poema “RECORDANDO-ME DE MINHA AMADA” em Senador Amaral, categoricamente posso afirmar que minha vida sofreu uma transformação irreversível para o bem e para o mal...Como sou um guerreiro nato, depois de cada uma das tempestades, eis que fiz surgir, absoluto, o sol no íntimo de meu interior. A esperança em momentos melhores realmente é o que me move desde 29 de março de 1977...Estou muito feliz... Afinal, tenho meus reais amigos e familiares, posso reviver emoções magníficas de um passado glorioso, assim como escrever novas páginas em meu destino de leão que não se entrega jamais... Um Leão de Sherryatt, sempre!!!N´Take celebra seus 30 anos. Faleceram Axel (2007) e Aaron (2016), contudo com o regresso de Anthony Peter uma nova formação segue a sina de confortar almas, mesmo que as nossas, em segredo (ou não tanto assim), ainda sangrem.Após voltar às carteiras estudantis, cursando Pedagogia, encontrei meu valor. Recuperei, por algum tempo, a elevada estima e deixei meu coração voltar a pulsar e vislumbrar outras situações. Uma nova e retumbante queda surgiu tempos depois, mas superação não conhece limites e eis que, enfim, o real Van Lyra ressurgiu já duradouro... Soberano, mas não soberbo! Agora sem mais depender de ser amado para feliz eu me sentir.Mais maduro, sereno algumas vezes... Impulsivo e agitadíssimo outras (afinal sou um ariano com ascendente em áries, hehe)... Assim eu sou: com falhas e virtudes... Um Noronha em essência e evidência... Como eu já propagava no inesquecível ano de 1998...Há em minha alma aquela mesma vibração e garra de áureos e idos tempos. Mas viso o presente e o futuro... Passo a passo... Indubitavelmente do um modo mineiro-paulista de ser...Namastê.Com amor,