Sinopse

Em 1973, Michel Foucault apresenta no Collège de France o Curso “A sociedade punitiva”, parte do conjunto de análises que servirão de base ao livro Vigiar e Punir, de 1975. As gravações do curso foram perdidas e apenas uma transcrição e o resumo foram conservados. Publicado em dezembro de 2013, o Curso sugere muitas questões aos leitores de Foucault e solicita a reformulação de algumas convicções correntes sobre sua obra. Variações sobre a análise da prisão, continuidades e rupturas em relação a Vigiar e Punir e esclarecimentos (ou novos enigmas) sobre a complexa relação entre Foucault e Marx são alguns dos assuntos que emergem da leitura do Curso. Em 2015, um evento acadêmico na PUC Rio teve como fio condutor a interpretação de ‘‘A sociedade punitiva’’ no horizonte da obra foucaultiana. Os trabalhos apresentados por pesquisadores argentinos e brasileiros são agora compilados e oferecidos ao público no livro Reinvenções de Foucault.Pesquisadores participantes: Mauricio Rocha, Edgardo Castro, Ana Kiffer, Peter Pál Pelbart, Joel Birman, Susana Murillo, Francisco de Guimaraens, Angelica de Britto Pereira Pizarro, Cristina López, Antonio Pele, Fabián Ludueña Romandini, Marcelo Raffin, Rachel Nigro, Bernardo Carvalho Oliveira, Leon Farhi Neto, Andrea Moreira Streva, Eduardo Stelmann, Fernanda Ferreira Pradal, Juliana Moreira Streva, Felipe de Andrade e Souza, Clécio Lemos, Julia Naidin, Rafael Cataneo Becker, Alessandra Vannucci, Aline Caldeira Lopes, Larissa Drigo Agostinho.