OS ASTRONAUTAS E A TERRA PLANA

OS ASTRONAUTAS E A TERRA PLANA

Sinopse

Sempre gostei do gênero de ficção científica porque por meio dela damos asas a nossa imaginação sobre o que especulamos sobre o futuro em termos de avanço científico e principalmente sob a perspectiva de encontro entre a espécie humana e outra espécie superior a nossa. No campo da religião, os homens já vem se há milênios com a expectativa de um encontro com Deus e o temido Juízo Final. Com o advento do secularismo da sociedade e não do racionalismo, como se religião fosse sinônimo de irracionalidade, o secularismo e o ateísmo têm levado os homens desde o século XIX a imaginar um universo sem Deus e sem anjos, mas com outros seres que vivem em outros planetas e que este possível encontro possa ser amigável ou belicoso. Nos dias de H.G. Wells crenças em marciano estava no auge e sua obra foi publicada na hora certa da história. Aqui está o segredo de algumas obras literárias fazerem sucesso e outras somente ganham expressão gerações depois.De fato o autor deixa transparecer uma lição moral na qual hoje a humanidade é senhor do planeta e muitas vezes tratam os animais sem respeito, e que um dia poderemos hipoteticamente encontrar seres que nos trate como animais. Como vai ficar??? Gostei também como Wells representou bem o caráter e a natureza humana, que diante do colapso, tende a agir pelo animalismo e desrespeitará as regras sociais, seguindo somente o instinto de sobrevivência. Neste estado alterado, matar e roubar não é visto como algo imoral para muitos que forem colocados sob pressão.