Elo invisível

Elo invisível

Sinopse

Existe quase sempre um elo, um aro, um anel, uma fotografia, um medalhão... objeto ou ideia que nos liga a algo ou a alguém. Afinal, não somos nós gregários e elementos da tribo? De uma qualquer tribo, a qual e por vezes, apenas acidental e circunstancialmente integramos, mal conhecendo o(s) outro(s) e a ele(a) nos ligando por um qualquer fio condutor geralmente por demais invisível ao olhar e sentir do outro elo. O da união. Do comum. Da partilha. (...) A escrita é limpa. Depurada. Despojada de adereços mas fulgente como a vida. A vida sem concessões.Patri?cia Maia Noronha formou-se em jornalismo so? para poder mexer com palavras. Comec?ou a trabalhar aos 21 anos na redac?a?o do antigo grupo Semana?rio. Seguiu-se uma viagem pelo Reino Unido onde fez um mestrado em Estudos Jornali?sticos e um esta?gio na BBC World Service. De volta a Portugal, esteve oito anos na TSF de onde saiu quando foi convidada para coordenar o site Boas Noti?cias que dirigiu durante cinco anos. Pelo caminho deu aulas de cultura portuguesa nos Estabelecimentos Prisionais da a?rea de Lisboa e fez uma po?s-graduac?a?o em Artes da Escrita. Ja? conquistou distinc?o?es como a Menc?a?o Honrosa no Pre?mio Litera?rio Alves Redol e o terceiro lugar na Maratona de Escrita de Guio?es da Restart. Atualmente, continua a trabalhar como jornalista freelancer e desenvolveu um projeto de Capacitac?a?o Atrave?s da Leitura e da Escrita que tem vindo a aplicar junto de jovens institucionalizados e idosos.