Doutrinação - diálogos e monólogos

Doutrinação - diálogos e monólogos

Sinopse

Chamamos de doutrinação, e diga-se, a bem da verdade, inapropriadamente, a conversa que o dirigente de uma reunião de desobsessão estabelece com um Espírito que se comunica através de um médium. Em tais reuniões, geralmente as comunicações são rápidas, razão pela qual não há tempo para transmitir ao comunicante os fundamentos de uma doutrina, no caso, o Espiritismo. Por outro lado, os desencarnados levados a essas reuniões pelos dirigentes espirituais são, em sua grande maioria, Espíritos em litígio, alienados, sofredores, cristalizados no mal, vampiros, vampirizados, suicidas, loucos, enfim, desequilibrados que, muitas vezes, sequer conseguem escutar ou decodificar as palavras do dirigente. De outras vezes, são profundamente inteligentes e conhecem toda a base doutrinária que poderíamos expor a seu benefício, não lhes interessando informações que conhecem mas não vivenciam.