Cora coragem, Cora poesia

Cora coragem, Cora poesia

Sinopse

O que mais impressiona em Cora Coralina é o equilíbrio entre a sua vida e a sua obra. Mulher de aparência frágil, levando trancos e barrancos violentos do destino, soube extrair de suas experiências uma sabedoria agridoce, mais doce do que amarga, simples, um tanto maliciosa e irônica, uma espécie de súmula viva da sabedoria popular, tão forte em seus poemas. Muitas de suas experiências pessoais foram narradas em versos autobiográficos, contando sobretudo os sofrimentos e decepções da infância, o desamparo da menina, um certo complexo de inferioridade e um duro sentimento de rejeição. Mas, faltava um retrato integral, um roteiro completo de sua vida, ordenado e contado por um biógrafo que reunisse a dupla condição de conhecer a fundo a vida de Cora Coralina e de saber como narrá-la. A tarefa encontrou seu operário dedicado e exato em Vicência Brêtas Tahan, a autora de Cora Coragem, Cora Poesia, filha caçula da poeta. Como a mãe, Vicência escreve com extrema simplicidade, em estilo quase de conversa familiar, direto, saboroso. A biografia romanceada, forma preferida por Vicência, lhe permite adotar as liberdades de criação, peculiar à ficção, sem trair a fidelidade aos fatos, aumentando o interesse e a comunicação com o leitor. A vida narrada como uma novela, tão do agrado do leitor brasileiro. Assim, os episódios são vistos com um certo distanciamento, mas recriados com ternura, muito típica da autora, que se revela sobretudo nos momentos mais difíceis da vida da biografada, como a sua fuga de casa com um homem separado da esposa, a sua integração numa sociedade muito diferente da goiana, onde logo circula a sua condição de mulher não casada, um fato terrível naquelas primeiras décadas do século XX, a sua aceitação pela sociedade, numa espécie de metáfora da própria vida de Cora, uma história de superação.

Autor

Durante muito tempo trabalhou como professora, escreveu crônicas para o Caderno Nova Mulher, da Folha de S. Paulo, e para o jornal Tribuna Lençoiense, de Lençóis Paulista, além de ter escrito artigos e crônicas para diferentes jornais e revistas. Atualmente, além de tratar da extensa obra de Cora Coralina, Vicência faz palestras em universidades, bibliotecas, escolas, divulgando a obra de sua mãe. Pela Global Editora tem publicada a seguinte obra: Cora Coragem, Cora Poesia.