Trinta e Tantos Livros Sobre a Mesa

Trinta e Tantos Livros Sobre a Mesa

00:00 / 00:00

Sinopse

Transportadas para o formato livro, as resenhas e críticas publicadas com regularidade por Haroldo Ceravolo Sereza (em momentos diferentes e fóruns diversos) ganham maior consistência e coesão. A linguagem sem rebuscamentos dos textos mal encobre a preocupação em transmitir ao leitor a substância dos autores, produtos e artefatos culturais que aborda com aparente leveza, mas evidente densidade.
Finalmente, gostaria de dizer que este livro constitui prova cabal de que o jornalismo e a academia têm sempre a ganhar, quando praticados por quem entende, como poucos, de seus trâmites e meios de transitar por entre a circunstância, a leitura de mundo e a análise fina da(s) realidade(s). Quando isso acontece, a crítica literária alcança o estatuto de exercício terapêutico. Para maior proveito de seus leitores, claro esteja.

Autor

Haroldo Ceravolo Sereza
Haroldo Ceravolo Sereza
Haroldo Ceravolo Sereza, nascido em Assis (SP), em 1974, é jornalista formado pela ECA-USP. Trabalhou na Folha de S. Paulo como correspondente em Paris e nas editorias Brasil, Cadernos Especiais e Ilustrada. No jornal O Estado de S. Paulo, foi repórter do Caderno 2, especializado em literatura. Atualmente, é editor da home page do portal UOL.

Narrador

Rodrigo Dorado

Rodrigo Dorado

Rodrigo Dorado, nasceu em Buenos Aires dia 5 de maio de 1986, é ator desde seus 17 anos. Iniciou no teatro no colégio convencional e inspirado pela paixão seguiu estudando artes cênicas até tornar-se profissional.

Atuou em diversas peças de teatro, na TV começou com a participações em algumas produções da Globo, como Minha nada mole vida e Negócio da China. Na sequência, atuou na série Marcas da vida na Record. Teve a oportunidade de atuar como Bernardo na novela Rebelde da também da rede Record, dirigido por Ivan Zettel.
Em 2013 voltou à Globo na novela Saramandaia fazendo o personagem Zico Rosado jovem, vivido pelo protagonista José Mayer.

Participou também da última novela do Manuel Carlos com direção de Jayme Monjardim, fazendo o personagem Thiago da segunda fase da novela “Em Família”.Em 2015 assinou com o SBT e está novamente nas telinhas na novela “Cúmplices de um Resgate” no SBT, fazendo o personagem Dinho Borba Gato.

No cinema atuou no longa-metragem Bruna Surfistinha (2010), de Marcus Baldini e Andaluz direção de Guilherme Motta. Atuou também em diversos curtas metragens que viajaram o mundo em festivais, e alguns que estrearão esse ano como: Sobre Papéis do diretor Pedro Paulo Andrade, Vazio do diretor Hsu Chien e também no Noturno nº1 do diretor Ulysses Cruz.