Parte 9 - a Economia Cafeeira

Parte 9 - a Economia Cafeeira

00:00 / 00:00

Sinopse

Essa aula reflete basicamente sobre os movimentos sociais ocorridos nas áreas rurais do estado de São Paulo, entre 1889/1930.
A economia cafeeira, praticada em moldes capitalistas desde a década de 1870, constituía a base econômica da nação brasileira nesse período e os lucros advindos da agro-exportação do café constituíram importante capital para o desenvolvimento urbano-industrial.
Um dos fatores responsáveis pelos altos lucros da atividade cafeeira foi a forma de trabalho adotada nas fazendas de café, que foram se formando por toda a área do estado de São Paulo: o colonato.
Forma livre de trabalho, o colonato, por sua flexibilidade de custos, foi conveniente ao s fazendeiros, permitindo ganhos extremamente rentáveis.
Para os trabalhadores rurais, majoritariamente imigrantes e/ou filhos de imigrantes, foram duras as condições de vida e trabalho sob tal regime, os levando ao enfrentamento com o patronato agrícola e às greves.