Cultos Afro-Paraibanos

Cultos Afro-Paraibanos

00:00 / 00:00

Sinopse


Um resgate histórico e fundamental da Jurema, da Umbanda e do Candomblé no estado da Paraíba.A partir de fontes orais – depoimentos de mães e pais de santo e de representantes de federações afro-brasileiras – e de diversos recursos, como documentos, leis e fotografias, o pesquisador Valdir Lima pretende com este trabalho contribuir para a manutenção da memória das religiões afro-brasileiras.

Pontos, rezas, corimas (curimbas) e mitos africanos também foram utilizados na reconstrução de parte da história do culto secular da Jurema Preta no Sítio Acais, em Alhandra, do tradicional Catimbó de Jurema, da formação da Umbanda paraibana, da chegada do Candomblé ao estado, da trajetória de militantes das religiões, como Mãe Rita Preta, e do surgimento das federações, criadas geralmente por dissidências, na Paraíba.

Autor

Valdir Lima natural de Santa Rita (PB), tem 45 anos. Doutor em Ciência da Informação e mestre em Ciências das Religiões pela UFPB, seu trabalho sobre a gênese das religiões afro-paraibanas foi pioneiro no estado. Especialista em Direitos Humanos, graduado em Arquivologia, Administração Pública e História, trabalha como professor de História há mais de 20 anos e é pesquisador na linha de memória das religiões afro-brasileiras desde 2007, tendo produzido o documentário Santa Rita Preta.

É palestrante sobre a temática do povo negro desde a história da África, diáspora africana, racismo e as religiões afro-brasileiras. Pesquisa também sobre cultura popular, história local e política. Passou pelo Templo de Umbanda Caboclo Andrade de Mãe Rita Preta, em Santa Rita, iniciou no Ilê Axé Ofá Dana-Dana da Doné Renilda, em João Pessoa, casa de Jeje Savalú, onde tomou cargo de Babaquequerê em 2010, e atualmente faz parte da Egbé de Osùn da Ialorixá Verônica Lourenço em Sapé (PB).

Narrador

Flávio Costa

Flávio Costa

Ator desde 1984, já atuou em mais quarenta espetáculos teatrais, entre adultos e infantis; em cinema atuou em dois longas e mais de quinze curtas metragens; em publicidade atuou em doze filmes comerciais e um filme institucional. Também faz shows de humor solo, com vários personagens de sua própria criação desde 1995. Narra audiolivros para a Tocalivros.
E além da atuação, também escreve peças teatrais, tendo mais de trinta títulos de sua autoria. Lecionou interpretação para atores e não atores com alguma experiência de palco por um período de oito anos consecutivos.